Artigos em Lições de gramática

Galicismos

Podemos viver sem as palavras de origem francesa? Imagine se nosso léxico fosse atingido por um raio desgalicizador! Ao acordar pela manhã, você não poderia mais falar em ABAJUR, AVALANCHE, OMELETE ou TRICÔ.

ler completo
Caminhão

Por acaso um vocábulo tecnicamente “malformado” como CAMINHÃO não tem o direito de viver? É nos desvios da norma que a língua está realmente inovando.

ler completo
Rubrica

Muita gente prefere RÚBRICA à forma RUBRICA, mais aconselhável. Há uma razão para isso.

ler completo
Car@s amig@s

Há muitas formas de lutar pelos direitos da mulher — mas mudar a flexão das palavras decididamente não é uma delas.

ler completo
Questão de gênero

Usar o masculino singular para abranger ambos os gêneros é um princípio estrutural de nosso idioma, e se engana quem vê nisso qualquer opção ideológica. Há casos, porém, em que o preconceito ou a ignorância terminam atrapalhando.

ler completo
nenhuns

Dentre os recursos que a língua nos oferece, alguns agradam, outros não.

ler completo
Desemalando dinheiro

Você fala em “neologismos”? Você sabe distinguir as palavras novas das antigas? Faça o teste; você vai se surpreender.

ler completo
desprincesamento

A riqueza de uma língua pode ser medida pelo número de palavras que ela nos oferece; no entanto, todo dia me aparece alguém lamentando a criação de um vocábulo novo

ler completo
sutilezas da crase

É inevitável uma certa dose de angústia na hora de usar o acento de crase; um pouco de calma e reflexão, porèm, há de nos pôr no bom caminho.

ler completo
propinocracia

Não precisamos consultar o dicionário para entender uma palavra como PROPINOCRACIA, pois nosso léxico é como um imenso Lego: as peças estão na caixa, à disposição do falante, que pode usá-las para produzir centenas de milhares de combinações que, é quase certo, não haverão de estar dicionarizadas.

ler completo