Artigos em Semântica

sonso

SONSO, assim como TEMPORÃO e HANDICAP, terminou virando uma palavra dupla-face, uma espécie de antônimo de si mesma — o que exige, para seu emprego, que se tomem cautelas muito especiais.

ler completo
Ouvidos e orelhas

No mundo das palavras, certas distinções que o vocabulário científico faz questão de manter muitas vezes não valem um prego aqui embaixo, na planície em que vivemos — e vice-versa.

ler completo
velas e velórios

Assim como o verbo SELAR é o ponto de encontro de duas famílias distintas — selo e sela —, VELAR também serve a dois senhores.

ler completo
Literalmente

O advérbio LITERALMENTE foi atacado pelo mesmo vírus da imprecisão que tornou TEMPORÃO e HANDICAP palavras praticamente inúteis.

ler completo
Pleonasmo? Tem certeza?

A caça ao pleonasmo parece ter-se tornado um dos esportes mais populares nas redações de jornal e nos consultórios gramaticais. O Doutor adverte: cuidado para não atirar no bicho errado!

ler completo
fim ou final?

Alguns manuais de linguagem jornalística continuam afirmando que é errado empregar FINAL como sinônimo de FIM. O Doutor recomenda um copo d’água e um pouco mais de leitura.

ler completo
tricampeonato precisa ser consecutivo?

Em 1970, no México, o Brasil venceu a Copa do Mundo pela terceira vez. Pode-se dizer que ele conquistou o tricampeonato, embora não fossem copas sucessivas?

ler completo
várias alternativas?

O Doutor pula do fogo para a frigideira: no artigo sobre outra alternativa, usou a expressão várias alternativas. “Não seriam apenas duas?”, pergunta um leitor.

ler completo
dupla negativa

Duas negativas numa frase valem por uma afirmativa? Um leitor alega que a pessoa que diz que não está querendo nada, no fundo, está querendo alguma coisa.

ler completo
polissemia e homonímia

O que distingue a polissemia da homonímia? Depois de errar infrutiferamente pela Internet, uma leitora portuguesa vem finalmente bater à porta do Doutor .

ler completo