bons dicionários

Caro professor: agradeço a oportunidade de apresentar minha dúvida.Traduzo muitos textos do Japonês para o Português. Não sou tradutor juramentado, tampouco fiz cursos de tradução. Porém, sinto muito a falta de um bom dicionário de língua portuguesa. Não me sinto à vontade com o Aurélio ou o Michaelis; o Houaiss eu ainda não conheço. Solicito uma sugestão de um dicionário etimológico e outro de sinônimos. Um abraço.

R. Hayashi — São Paulo 

Meu caro Hayashi: a dor que estás sentindo é exatamente no nosso calcanhar de Aquiles: o Português não tem (e não terá) dicionários muito melhores do que os dois que citaste, ou mesmo do que o Houaiss, que é o melhor que temos. A elaboração de um grande dicionário é um empreendimento caríssimo, e só idiomas que tenham abrangência planetária (como o Inglês e o Espanhol) suportam investimentos desse porte. Em escala um pouco menor, o Francês e o Alemão (principalmente por sua tradição cultural) possuem uma razoável lexicografia. No nosso caso, entretanto, somos obrigados a ir juntando, aqui e ali, as informações de que necessitamos. Eu mesmo, muitas vezes, recorro ao lendário OED (Oxford English Dictionary — o mais completo do mundo), dicionário de Inglês, para tirar dúvidas quanto a palavras do Português (principalmente as abstratas e as técnico-científicas, que provêm do fundo comum greco-latino). 

Quanto às indicações que solicitas, recomendo-te duas obras: o Dicionário Etimológico de Antônio Geraldo da Cunha (não é o mais completo, mas é o único que vais encontrar no Brasil; o outro, do José Pedro Machado, é editado em Portugal e é caríssimo) e o Dicionário de Sinônimos do Antenor Nascentes (o único que vale a pena consultar, pois procura mostrar as diferenças entre as palavras de significados semelhantes). O conteúdo do dicionário de Antônio Geraldo da Cunha, ao que parece, foi incorporado ao texto do Houaiss. Prof. Moreno

Quer conhecer a mitologia grega?
Então ouça o podcast Noites Gregas, do professor Moreno.