Categorias
Etimologia e curiosidades Isso e aquilo

dolorido e doloroso

Como esses dois vocábulos só se distinguem pelo sufixo, já que foram criados a partir do mesmo radical primitivo (dolor – “dor”, em Latim), é natural que a linha que delimita o uso de um e de outro não seja bem precisa. Contudo, apesar dessa faixa gris de indefinição, podemos estabelecer significativas distinções, mais ou menos correspondentes à oposição entre CAUSAR e SOFRER. Doloroso, de uso mais amplo, é qualquer coisa que possa CAUSAR dor: a notícia foi dolorosa; teve uma morte dolorosa (por oposição a uma morte sem dor, indolor); no mesmo sentido, o tratamento pode ser doloroso ou indolor. Enumerando os mistérios do Rosário, o Padre Vieira diz que há “uns gozosos, outros dolorosos, outros gloriosos, e em cada uma destas distinções outros cinco mistérios também distintos” — uns trazem o gozo, outros a dor, outros a gória. Machado de Assis, voltado agora para os mistérios deste mundo, descobre na alma humana um “doloroso gosto de falar da mulher amada” . 

dolorido, com sua terminação de particípio, liga-se mais ao pólo passivo: é o que SOFRE, é o que sente dor, é aquilo que está doendo. Tem o sentido de magoado, machucado, lastimoso: a alma ficou dolorida; arrastava os pés doloridos; o local da pancada ficou dolorido. Não haveria o que confundir: levou uma pancada dolorosa, ficou com a perna dolorida. No entanto, ouço, com freqüência, falarem em “injeção dolorida” . Ora, o que as injeções podem ser é dolorosas; o local da injeção é que fica dolorido. Esta curiosa expressão nasce, com certeza, do costume familiar de chamar também de “injeção” o local onde o medicamento foi injetado. Afinal, quem já não ouviu — ou disse — “ele bateu bem na minha injeção”; “cuidado com a minha injeção, que está doendo”? 

Em geral, é observada a distinção entre os dois vocábulos. Não por acaso, na gíria dos velhos freqüentadores de botequim, a conta, ou despesa, pode ser chamada de “a dolorosa”, mas jamais de “a dolorida”.

Na luta para evitar que a Língua se empobreça, devemos tentar manter vivas as distinções entre palavras parecidas. Quando escrevo “ouvimos em silêncio aquelas palavras dolorosas“, espero que meu leitor entenda que as palavras ouvidas nos causaram sofrimento, bem diferente do que Machado pretendia, ao dizer “estas palavras arrancadas da alma, tão doloridas, — ia dizer tão lacrimosas”. 

Depois do Acordo: pólo > polo

freqüência > frequência

freqüentadores > frequentadores

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.