Categorias
Como se diz Como se escreve

pronúncia do X

Marcelo R., de Passo Fundo (RS), gostaria de saber se há regras gramaticais e de fonética para determinar pronúncia correta do X. “Eu sempre pronunciei, por exemplo, esdrúxulo como /esdrúcsulo/ e não /esdrúchulo/, tóxico como /tócsico/ e não /tóchico/ — o que gerou uma aposta entre amigos, após algumas garrafas de vinho (a dúvida persistiu no dia seguinte, junto com a dor de cabeça)”.

Prezado Marcelo: não pode haver regras para a pronúncia do X, já que ele pode aparecer com diferentes valores no mesmo ambiente fonológico. Entre vogais, por exemplo, ora ele tem o valor de /ch/ (abacaxi), ora de /z/ (exato), ora de /ks/ (fixo), ora de /s/ (máximo). É o uso e a tradição que foi fixando o seu valor em cada palavra. Em tóxico, a única pronúncia aceitável é /ks/; /ch/, aqui, é visto como marca de fala inculta — “Meu filho se /intochicou/”. Agora, em esdrúxulo, só se aceita o /ch/; aliás, nunca ouvi alguém tentando dizer esse X como /ks/. Tu és o primeiro; parabéns pelo vanguardismo… Abraço. Prof. Moreno

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.