pôr (verbo)

Caro Prof. Moreno, li recentemente um de seus livros e hoje fui conferir o seu site. Gostei muito de ambos! Tenho uma dúvida quanto à grafia de por no sentido de “colocar”. Este verbo leva acento circunflexo (“pôr“) ou não? Já li frases como “Fulano vai pôr fim às tentativas de roubo…”. Está certo assim, ou deveria seria sem acento, como ocorre com coco, sede, gelo, etc., desde a pequena reforma ortográfica de 1971?

Rosalvo M. Júnior

Meu caro Rosalvo, toda vez que fores escrever o verbo pôr, deves usar o acento circunflexo. Este vocábulo só não vai receber acento quando for preposição: “Ela fez isso por você”. Pôr, pára (do verbo parar) e pôde estão entre os raros acentos diferenciais que são realmente úteis, e por isso sobreviveram, em 1971, àquela reformazinha que eliminou os acentos diferenciais — gelo, coco, almoço, medo e muitos outros. A atual reforma eliminou, incompreensivelmente (por sua utilidade), o acento de pára, mas conservou, num rasgo de sensatez, o circunflexo do verbo pôr. Ele foi mantido, aliás, porque é muito útil para orientar a leitura correta da frase. Comparando, por exemplo, “Vou por aqui” com “Vou pôr (colocar) aqui”, vais perceber a sua utilidade. Abraço. Prof. Moreno

Veja a regra aqui.

Quer conhecer a mitologia grega?
Então ouça o podcast Noites Gregas, do professor Moreno.